quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

NO CENTRO DE BH, A NATUREZA PEDIU SOCORRO!



Na semana passada, nós belorizontinos, fomos pegos de surpresa com a triste notícia da morte de uma senhora que fazia caminhada na pista do Parque Municipal Américo Renné Gianetti, no centro da capital mineira. Seria mais uma morte comum, se não fosse a causa desse óbito: a queda de uma árvore com 30 m de altura sobre seu corpo. A mulher morreu esmagada! Um absurdo? Sim. Mas vamos com calma ... Tempo chuvoso, árvores muito antigas e o pior de tudo: com as raízes infestadas de cupins! Gente !!! Num lugar que nos finais de semana fica repleto de crianças pelas dezenas de brinquedos que o parque possui e, de adultos em busca de diversão nos vários shows musicais e teatrais que são exibidos naquele espaço. O agravante agora é que apesar do fechamento do parque para um inventário e providências cabiveis, espalhou-se a noticia de que as árvores dos passeios em muitas ruas também estão cheias de problemas. BH é uma cidade bem arborizada, a prefeitura ao longo dos anos incentivou o plantio, mas não está tendo o devido cuidado com elas.
Ontem passei em uma das ruas laterais do parque e pude perceber que além de fechado para a visitação pública, os técnicos estão realmente trabalhando para afastar o perigo e garantir o funcionamento do local que é o mais antigo espaço de preservação ecológica da cidade. É remanescente de uma chácara que ali havia quando a cidade foi construída. Portanto anterior ao ano de 1897. Sugiro que acessem o http://g1.globo.com/videos/minas-gerais/v/bombeiros-vao-avaliar-necessidade-de-corte-de-arvores-no-parque-municipal-de-bh/1415317/#/todos%20os%20vídeos/page/5  para  poderem ver as imagens. Não pude entrar no parque para fotografar e como percebi que elas correspondem à realidade que observei ontem, através das grades que cercam o lugar, dou crédito a elas. Mais uma vez a natureza pediu socorro!

7 comentários:

  1. Oi,Anabela!
    Realmente é lamentável que acidentes como esses possam ocorrer... E infelizmente, tanto aqui no Rio de Janeiro, como aí em Belo Horizonte, sentimos o descaso com as coisas da natureza. Não existe um monitoramento eficiente dos nossos parques urbanos,e nem uma política de conservação dos recursos naturais adequada. O prejuízo é grande, tanto para as árvores, como para os seres humanos. Aqui no Rio temos o Departamento de Parques e Jardins, órgão responsável por esse tipo de trabalho. Acredito que nele trabalhem pessoas competentes e interessadas, mas a fiscalização é muito ineficiente... A verdade,minha amiga, é que os órgãos públicos só se interessam realmente, quando acontece algum evento mais grave... Quando é que vamos fazer o uso coerente da antiga frase "Melhor prevenir do que remediar..." ?
    Muito triste o caso dessa senhora...Espero que os cidadãos brasileiros possam se interessar mais com os cuidados com a natureza ao nosso redor, pois verdadeiramente compartilhamos esse nosso planeta com muitas espécies, e precisamos conviver com a natureza de forma mais harmônica.A natureza precisa ser respeitada e seus recursos bem tratados... Isso é essencial para uma melhor qualidade de vida humana!
    Abraço grande!!!
    Teresa
    (do blog "Se essa lua fosse minha")

    ResponderExcluir
  2. O descaso com a naturesa é total e nítido.
    Só se corre depois que alguma calamidade acontece. Não adianta chorar o leite derramado...mas...espero em Deus que as crianças de hoje, sejam no futuro homens melhores, mais conscientes, que defendam a natureza com veemência e carinho
    bjs
    Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

    ResponderExcluir
  3. Olá Anabela
    Foi necessário que acontecesse uma coisa tão trágica, para as autoridades competentes tomassem providências.
    É de se lamentar.
    Bj

    ResponderExcluir
  4. nossa! pobre senhora...
    mas não basta plantar, o cuidado é necessário, seu recado é muito válido.

    Triste, pena que não mataram os cupins, porque certamente estas árvores são lindas!
    bom dia

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga!
    Tem selinho pra voce aqui...vwm buscar!!!!!
    bjs
    Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

    ResponderExcluir
  6. Há muito que por todo o lado a natureza pede socorro; pediu no Rio, quando agora veio reclamar o que lhe foi roubado nas encostas da serra; na Madeira aqui em Portugal o ano passado; uma destruição completa provocada pelas chuvas; construçóes nas encostas, rios canalizados para se aproveitar terrenos e outras ilegalidades; seria muito aborrecido continuar a enumerar os casos, mas há-os por todo o lado; o homem continua a não aprender ou então só faz o que tem de fazer depois de grandes desgraças. Enfim...pode ser que, com estes grandes avisos os jovens aprendam e um dia deem mais atenção aos recursos naturais. Um beijinho, Anabela e um bom fim de semana
    Emília

    ResponderExcluir
  7. É verdade que as autoridades muitas vezes não fazem a sua parte.
    Foi lastimável o que aconteceu com a senhora.
    Mas acredito numa força maior contra a qual não temos nenhum poder: o destino, ou karma, como gosto de chamar.
    Você já parou para pensar qual é a probabilidade de uma árvore cair em cima de uma pessoa ?
    Quantas centenas de pessoas passam pelo mesmo lugar durante décadas, séculos, e nada acontece ?

    Cuidar, sim, mas quando tem que acontecer não há nada que impeça o destino de agir.

    Beijo

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Seja benvindo e volte sempre!