sábado, 26 de fevereiro de 2011

Laces-JK, uma pérola azul no centro de BH

 
Prédio do Laces JK, foto de Maria Thereza ,skyscrapercity.

Tom de azul atual do prédio, foto sesc.

O prédio que hoje abriga o SESC-LACES/JK, na Rua dos Caetés esquina de Rua São Paulo, foi inaugurado em 1928 para ser a sede do antigo Banco do Comércio, em uma época em que Belo Horizonte vivia seu momento de núcleo urbano moderno. 
O SESC/MG transformou este prédio em mais uma de suas unidades: o LACES/JK, que abriga a Biblioteca Central, dois auditórios, salas de cursos, área de saúde e esportes. Um espaço no centro de Belo Horizonte para promover a integração de arte, cultura, esporte e saúde, para intermediar o conhecimento e facilitar o acesso à cultura, contribuindo, assim, para o fortalecimento da cidadania não só de seus associados, mas também de toda a comunidade belorizontina.
O LACES/JK vem, progressivamente, resgatando a identidade cultural do centro da cidade, facilitando o acesso à cultura para as várias camadas da sociedade, principalmente para estudantes, para pessoas que buscam programação cultural de qualidade e que trabalham no entorno do prédio ou que buscam os serviços prestados pelo SESC/MG.
Dentre suas várias realizações, que compreendem iniciativas de promoção, difusão e incentivo cultural, como exposições, mostras, oficinas, cursos, seminários e espetáculos realizados por este LACES/JK, destacamos o Projeto ponto de encontro – literatura e arte e a Mostra Minas de cinema e vídeo.
LEIA MAIS...
http://www.revistatxt.teiadetextos.com.br/01/janice2.htm

 Essa foi a minha participação na blogagem coletiva " Sábado Azul", promovida Tina do blog http://tinadiassonharerealizar.blogspot.com/

13 comentários:

  1. Oi Anabela
    Quando passamos por ali, eu e meu marido sempre ficamos admirando este prédio e querendo informações sobre ele.
    Você acabou de matar nossa curiosidade.
    Excelente postagem. Este prédio é lindo demais.
    Valeu, Anabela.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana Bela, muito legal esses prédios antigos, vintage! rsrsrs

    Amiga, o sapo na assintura, era erro de imagem KKK

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi aniga

    Com este seu sabado azul, voce fez aumentar ainda mais a minha vontade de conhecer Belo Horizonte...promessa dos filhos, me levarem ainda neste semestre para Ouro Preto e Belo Horizonte...se Deus quizer, tudo dará certo...
    bjs
    Tina (SONHAR E REALIZAR)

    ResponderExcluir
  4. Oi,Anabela!
    Adoro vir aqui neste teu encantador blog, pois sempre encontro estórias muito interessantes aí da bela Minas Gerais!
    E hoje me deparo com essa beleza arquitetônica que é este prédio do Laces/JK...Sem dúvida muito bonito e de um belo azul cor de sonho, ele nos remete à estórias de um tempo já distante, onde o ritmo de vida era tão mais simples e romântico... E que bom saber que hoje ele se destina à muitas atividades culturais diferentes! Realmente ele parece uma pedra preciosa no coração de Belo Horizonte!
    Beijo dos cariocas daqui!
    Teresa
    ("Se essa lua fosse minha")

    ResponderExcluir
  5. Passei aí em frente e achei esse prédio lindo. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Ola,Anabela.
    Seus posts dao uma vontade enorme de ir correndo para Minas e apreciar tudo in loco.Esse predio e maravilhoso,que imponencia.Ai,ai,vou ter que agendar um passeio por ai...Bjs e otima semana.zenaide storino.

    ResponderExcluir
  7. Olá Anabela
    Mais um edifício muito bonito e bem conservado. Não fôra este imenso oceano que nos separa e seria um dos locais a visitar num dos meus próximos passeios. Os seus posts aguçam-me a vontade de conhecer o seu país. Enquanto isso vou conhecendo alguns desses locais lindos através do seu blog.
    Obrigada.
    Beijinhos
    Lourdes

    ResponderExcluir
  8. Oi Anabela. Hoje vim aqui só para te dizer que gostei que tivesses ido ao blog do Curinga, o Ricardo dizer que imigrante não tira lugar de ninguém; gostei, porque ele tem um post lá criticando o jeito que o paulistano trata aquelas menininhas vindas de estados pobres e que, por falta de oportunidades são obrigadas a prostituir-se. Tá certo...uma coisa
    é ser contra a migração, outra contra a imigração...faça-me o favor...é tudo a mesma coisa. Aliás, como te disse o brasileiro é super acolhedor e naqueles comentários todos ao meu post, foi um brasileiro que disse claramente que se sente prejudicado; estive 14 anos no Brasil; nunca senti descriminação, não roubei lugar de ninguém; criei muito emprego e crio até hoje; é assim no mundo inteiro com os imigrantes; eles também contribuem para o sucesso do país que os acolhe. Obrigada, Anabela. Foste corajosa. Perdi o gosto pelo blog dele; fala muito em Jesus, mas Jesus não tem cor, raça ou cultura; é tudo o mesmo para Ele Um beijinho
    Emília

    ResponderExcluir
  9. Lindíssima construção, Anabela !
    E como é importante saber a história de cada casa, edifício, fábrica, que existe em nossas cidades !
    Seu blog está sempre aumentando nosso conhecimento sobre nossa terra mineira.

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Anabela, só para te dizer que o post continua lá; É o 3º ou 4º. Procure e leia com atenção. Beijinhos
    Emília

    ResponderExcluir
  11. Olá

    Mais um post maravilhoso, onde mostras um pouco da história do teu país.

    Adoro os edifícios antigos. São românticos.
    Parte-se-me o coração , quando os vejo abandonados.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  12. Ana, pego onibus ai na Caetes e todas as vzs eu admiro esse prédio.Tá realmente lindo!

    ResponderExcluir
  13. Amei a visita que fez no meu blog fique a vontade sempre, seu blog é demais

    beijinhos

    otimo final de semana

    http://coisasdocoracaodaval.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Seja benvindo e volte sempre!