domingo, 26 de agosto de 2012

Itaguara, Museu Sagarana


Na Revista de História da Biblioteca Nacional, nº 83, agosto de 2012, foi publicado um artigo sobre cartas escritas por Guimarães Rosa na década de 1930 a um fazendeiro da região de Itaguara-MG, cidade onde o escritor trabalhou como médico numa época em que energia elétrica e estradas eram coisas inexistentes no lugar. 
Segundo a revista, as cartas eram recomendações médicas sobre tratamentos que poderiam ajudar doentes na fazenda e no seu entorno. 
Elas teriam sido guardadas pelo senhor Manoel até 1976. Após a sua morte, uma sobrinha, que nem chegou a conhecer pessoalmente o escritor, guardou-as e por ocasião da criação do Museu Sagarana em Itaguara, resolveu doá-las para fazerem parte do acervo.
O museu funciona desde abril, na Rua Mário Lima, 137, centro de Itaguara. Não possui site, portanto, para ler as cartas é preciso comparecer pessoalmente ao local.

5 comentários:

  1. Eu sabia desde sempre: vou ter que visitar Itaquara. Obrigado, Anabela. A informação, como deve saber, me interessa e muito.
    Grande abraço e ótima semana.
    Gilson.

    ResponderExcluir
  2. Eu quis escrever Itaguara-MG.
    Gilson.

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida Anabela
    Esse Blog traz coisas muito boas pra nós como cultura geral... Bom isso!!
    Tem festa no Blog pra VC...
    Deus te cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
    Bjs festivos de paz

    ResponderExcluir
  4. Interessante esta informação do grande Guimarães.
    Bela semana Ana.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  5. Anabela que achado esse não?! Seria fantástico se o Museu disponibilizasse essa riqueza através de um tour virtual. Obrigada pela visita. Abs

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Seja benvindo e volte sempre!